Você já teve aquela super festa pra ir e de repente surge uma espinha no seu queixo que não deveria estar lá? Ou aquele encontro a dois esperado a semana inteira e aparece um vulcãozinho na sua testa que não foi convidado? A pele de pêssego se foi com a sua infância… calma, a nutrição pode te ajudar!

A acne, ou popularmente chamada espinha, é uma doença de predisposição genética e tendência hereditária, ou seja, se os seus pais tiveram espinhas, você tem grande chance de tê-las também. Sua manifestação depende de hormônios sexuais, por isso elas aparecem na temida adolescência e podem persistir até a fase adulta.

Suas consequências visíveis são as cicatrizes, que dependendo do grau da acne podem ser maiores ou menores. Mas acredito, que a maior consequência de todas é a psicológica. Justamente por aparecerem na adolescência, um período de intensas transformações, a autoestima é diminuída, vergonha, insegurança, necessidade de autoafirmação, tudo isso é aumentado na presença das benditas!

espinhas

E então você ouve da sua mãe: “Não come chocolate, vai piorar as suas espinhas!” Será que isso realmente é verdade?

Embora muitas pessoas associem a ingestão isolada do chocolate com o aparecimento de espinhas, vários estudos mostram que essa relação não é verdadeira, é MITO. O que acontece é que a alimentação rica em gorduras e açúcares pode levar ao aumento da oleosidade da pele, e o chocolate está entre esses alimentos consumidos, mas a culpa não é somente dele e sim de um estilo de vida desregrado  .

Chocolate

Alguns nutrientes que podem auxiliar no controle da acne:

  • Ácidos graxos essenciais: auxiliam no controle do desequilíbrio hormonal, estão presentes nos óleos de girassol, soja e milho e também em sementes de girassol e linhaça.
  • Vitaminas A e E: a reposição dessas vitaminas auxiliam na saúde da pele como um todo e a acne é incluída no pacote! São encontradas em vegetais como cenoura, pimentão, couve, rúcula, brócolis, manga, mamão, goiaba, caqui, também nos ovos e alimentos integrais.
  • Zinco: a falta desse mineral aumenta a produção de hormônios masculinos, aumentando a probabilidade da acne aparecer. Por isso, a ingestão de zinco através de carnes vermelhas, frutos do mar, cereais integrais e nozes podem auxiliar no combate.
Leia também  Quero ser vegetariano, e agora?

Resumindo…

Apesar da causa ser genética, uma alimentação baseada em gorduras ruins, chamadas saturadas, açúcares refinados e produtos industrializados ajudam a agravar as espinhas, tornando-as mais fortes e poderosas. Então, mudando a sua rotina alimentar, comendo alimentos mais frescos, naturais e integrais e juntamente com o tratamento dermatológico, com certeza obterá sucesso e elas irão te deixar em paz, com a pele saudável!

Assim, uma vez organizado seu cardápio, não será uma barrinha de chocolate a causadora das suas espinhas, principalmente se você escolher aquele com maior quantidade de cacau, fica a dica!

Essa é a nossa opinião! Deixe a sua!

;**