Estamos passando pelo outono mais frio e chuvoso dos últimos anos. E é só fechar o tempo que a vontade de comer alimentos mais gordurosos e ricos em carboidratos aumenta, não é mesmo?!

Sabemos que no frio o nosso organismo gasta cerca de 10% a mais de energia para elevar a temperatura do corpo. Gasto que não ocorre no calor, apesar de transpirarmos mais, o organismo gasta mais calorias elevando a temperatura do que regulando através do suor.

Logo, no frio, a vontade de comer aumenta e a procura por alimentos mais calóricos também. Afinal, a sopa sempre vem acompanhada de um pãozinho, o chá de torradas, o chocolate quente é mais consumido assim como encontros com os amigos para se deliciar com aquele fondue, pizza e massas é mais frequente.

Nesse momento é hora de usarmos o bom senso e fazer escolhas inteligentes: a sopa ser feita com uma fonte só de carboidrato (acrescentar aos legumes ou macarrão, ou arroz, assim como batata, cará, inhame, mandioca e madioquinha); não exagerar nas bolachas e torradas e preferir as versões integrais; para o leite e seus derivados escolher os desnatados e light com menor porcentagem de gorduras; dê preferência ao chocolate que tenha maior concentração de cacau, acima de 70%; e as pizzas serem de legumes.

Apesar de gastar mais energia, o que consumimos é muito maior, dessa forma, com o gasto energético menor do que as calorias ingeridas a balança desequilibra e acabamos ganhando peso, que muitas vezes passa despercebido pelas roupas do inverno serem mais largas.

O exercício físico também é deixado de lado. No frio dá mais preguiça de acordar cedo, sair da cama quentinha e ir para a academia ou pra rua caminhar. Mas justamente com esse gasto energético aumentado é que deveríamos nos aproveitar dele!

Leia também  Entendendo a cirurgia bariátrica

No frio, pelo aglomerado de pessoas em ambientes fechados, o risco de infecções aumenta. Devemos nos alimentar bem para reforçar nosso sistema imunológico. É muito comum diminuir o consumo de saladas cruas e frutas nessa época do ano, o que deixa nosso organismo pobre em vitaminas, minerais, substâncias antioxidantes, nos deixando mais vulneráveis às infecções típicas desse período.

O consumo de água também deve ser estimulado. Se no calor já não bebemos a quantidade recomendada, no frio o policiamento deve ser maior, para o bom funcionamento renal e de todas as células que necessitam de hidratação constante e diária.

frio

Por isso, vamos curtir o frio, aproveitar as comidinhas dessa época com moderação e responsabilidade!

Qualquer dúvida, entre em contato conosco!

Beijos =**