O que fazer quando seu bebê está em aleitamento materno exclusivo e você tem que voltar ao trabalho pois já terminou a licença maternidade? Ou quando o bebê tem que ir para a creche ou ficar com um cuidador durante o dia e a sua mama está cheia de leite? E até mesmo se você tem que se ausentar durante o dia para resolver qualquer coisa e não pode levar o seu bebê, como ele irá se alimentar? A resposta é a ordenha de leite materno.

Post dedicado às mamães, explicarei como coletar o leite materno de forma segura para alimentar o seu bebê quando não estiver por perto.

A retirada do leite materno ou ordenha pode ser feita manualmente ou com o auxílio de bombas elétricas ou manuais. A ordenha manual traz menor risco de contaminação e é menos agressiva à mama em comparação ao uso das bombas que podem formar fissuras aos mamilos. Mas cada mulher adapta-se a seu jeito e ao que acha ser menos doloroso e mais fácil para a descida do leite.

Antes da ordenha…

Para que seja feita de forma segura e higiênica para o seu bebê, evitando focos de contaminação, alguns passos devem der seguidos:

  1. Lavar as mãos e antebraço até os cotovelos com sabonetes antissépticos (a mama não precisa ser lavada e evite óleos e cremes na região das mesmas);
  2. Encontrar um local limpo e calmo longe de animais domésticos e sanitários;
  3. Os cabelos sempre presos, usar máscaras, ou não falar, tossir, espirrar durante a ordenha;
  4. Os utensílios usados devem ser esterilizados através da fervura em água, totalmente imersos, por 15 minutos e secados naturalmente.
  5. Os utensílios ideais para armazenar o leite são potes de vidro com a tampa de plástico (tipo aqueles de maionese) ou as próprias empresas que vendem mamadeiras já possuem esses frascos próprios para venda.
Potes de vidro caseiros.

Exemplos de vasilhames de vidro caseiros.

Exemplo de vasilhames de vidro vendidos pelas empresas.

Exemplo de vasilhames de vidro vendidos pelas empresas.

Como manusear a mama?

O momento ideal para ordenhar o leite é assim que o bebê mamar, se ele esvaziar uma mama, você retira o leite da outra, ou se ele não estiver por perto, leve uma roupinha com o seu cheiro, ouça uma música que lembre dele, veja uma foto e pense bastante no seu bebê, pois assim os hormônios também são estimulados. O horário da manhã, ou seja, da primeira mamada, também é o melhor, afinal é quando a mama está mais cheia por um intervalo maior entre as mamadas.

Leia também  Rotina para as crianças faz bem?

A massagem

Apoie uma mama com uma mão e com a palma da outra faça movimentos circulares e bem firmes desde a axila até os mamilos em toda extensão para quebrar os ingurgitamentos e estimular os ductos para saída do leite. Ordenhe uma mama de cada vez. Conforme for fazendo a massagem você vai perceber que o leite já começa a sair. Despreze o primeiro jato de leite.

Se for ordenha manual, posicione o frasco próximo ao bico, incline-se para frente. Faça uma espécie de pinça com os dedos e pressione a aréola da mama, os jatos de leite começarão a sair. Mas atenção, esse movimento não pode causar dor, se causar, está errado, procure um banco de leite humano para se informar!

Massagem com as mãos de forma circular, inclinação do corpo para frente e pressão com os dedos para retirada do leite.

Massagem com as mãos de forma circular, inclinação do corpo para frente e pressão com os dedos para retirada do leite.

No caso das bombas a massagem também deve ser feita. As elétricas fazem movimentos que simulam a sucção do bebê, você pode controlar a intensidade em que isso acontece e o leite cai direto no recipiente que pode ser armazenado. Tenha o cuidado de esterilizar todas as partes da bomba em que o leite entra em contato. Nas bombas manuais é você quem controla intensidade e pressão.

Exemplo de bomba elétrica, existem diversos formatos.

Exemplo de bomba elétrica, existem diversos formatos.

 

Bomba manual, também há vários formatos e preços.

Bomba manual, também há vários formatos e preços.

Mas como eu disse anteriormente, não há forma correta, você irá se adaptar ao melhor método. Também não se assuste se nos primeiros minutos o leite não sair, demora um pouco para o hormônio responsável pela descida do leite (ocitocina) agir. O tempo de ordenha varia de mãe para mãe, demorando de 15 minutos a até mais de 1 hora. Tenha paciência, calma e pense sempre no seu bebê!

Leia também  Meu filho come demais, e agora?

Armazenamento do leite

Ele pode ser congelado ou mantido na geladeira.

Se congelar, ele tem validade de 15 dias sem que perca suas propriedades.

Se sob refrigeração, na geladeira, na parte mais fria a 5°C, tem validade de 12h.

Para você não se perder com os frascos e não acontecer, de repente, de dar leite vencido para o seu bebê, rotule-os com a data e o horário que foi ordenhado o leite. Pode até colocar uma data ou horário de validade, passou do horário, descarte-o.

Quando for oferecer o leite ao seu bebê, não aqueça-o muito, isso fará com que suas propriedades sejam alteradas. O ideal é que quebre o gelo em banho maria e ofereça imediatamente em temperatura ambiente, assim como sai da sua mama.

Transporte

Caso queira levar o leite para ser consumido durante  o período da creche, o transporte deve ser feito em caixas ou sacolas térmicas recheadas de bolsas térmicas congeladas (tipo gelox) para que não haja diferença de temperatura. E oriente as cuidadoras da creche quanto a higiene e manipulação do seu precioso leite.

Se você tem bastante leite, mais do que o necessário para o seu bebê, procure um banco de leite humano, ordenhe e doe seu leite para bebês hospitalizados! Informe-se!

Espero ter esclarecido dúvidas sobre ordenha de leite materno e trazido soluções para o dia a dia de mães que amamentam seus bebês!

Beijos =**