A cada dia que passa mais e mais pessoas são adeptas do vegetarianismo, por isso, decidimos dar algumas dicas para você que está pensando em se tornar vegetariano ou que acabou de tomar essa decisão e está iniciando. A primeira pergunta que vem na cabeça de todo mundo é: De onde eu vou tirar proteínas? Será que é possível viver sem carne? Sim, é possível, mas você precisa ter um cardápio bastante variado principalmente no que se refere a verduras e legumes, porque é justamente deles que você vai suprir suas necessidades diárias. Então vamos as dicas!!

Dica 1: Vegetais verdes escuros

Espinafre, rúcula, couve e acelga  não são, para muitas pessoas, os mais consumidos na semana, principalmente por terem o sabor bem acentuado e presente. Mas a verdade é que esses vegetais além de serem ótimas fontes de proteína vegetal, possuem diversas vitaminas (A, C, K são algumas delas), minerais (ferro, cálcio, magnésio, potássio e outro mais) e muita fibra alimentar. Os vegetais verdes escuros são quase que indispensáveis em uma dieta sem carne, dê uma chance a eles! Você pode prepará-los de diversas formas: cozidos, refogados, em recheio de torta ou de massa, em suco, ou ainda em salada. Use a criatividade para incluí-los diariamente na sua alimentação!

verduras verdes escuras

Dica 2: Oleaginosas

As sementes oleaginosas são ótimas fontes de proteína não animal. Elas possuem gorduras insaturadas e fitoquímicos que contribuem na prevenção de doenças cardíacas e o câncer. São exemplos as amêndoas, nozes e castanhas. Elas também possuem uma quantidade considerável de alguns minerais importantes como o magnésio, selênio e zinco, mas cuidado com seu consumo exagerado, elas são hipercalóricas. Meu conselho é que você às inclua apenas nos lanchinhos entre as refeição e em pequenas porções. Você também pode adicioná-las em sucos, shakes e sopas!

Leia também  5 alimentos que não devem ser oferecidos às crianças

Oleaginosas

Dica 3: Leguminosas

Feijão, ervilha, lentilha e soja são excelentes exemplos! A soja é a mais queridinha dos vegetarianos, principalmente por ser um alimento muito versátil, pois é fácil de preparar, existem diversos pratos deliciosos em que a soja substitui a carne e existem muitos alimentos no mercado, prontos para consumo que são a base de soja. Eles são ricos em proteína, ferro e fibras, o que os tornam melhores ainda! As possibilidades de preparo desses alimentos vão de sopas a até salgadinhos. Só cuidado para não consumi-los exageradamente pois esses alimentos em grandes quantidades podem trazer desconfortos intestinais.

Leguminosas

Dica 4: Vitamina C

Como muitos já sabem, a vitamina C é auxiliadora da absorção do ferro no nosso organismo. O ferro concorre com o cálcio na hora da absorção, e a vitamina C o ajuda nessa competição. Então, é muito importante que quando for consumir um alimento fonte de bastante ferro, ele esteja acompanhado de algum alimento que possua essa vitamina. Geralmente aconselhamos as frutas de sobremesa ou em suco após a refeição. As opções são inúmera: laranja, abacaxi, morango, kiwi, melão e muitas outras!

Vitamina C

Dica 5: Cuidado com o excesso de carboidratos e gorduras

Principalmente no começo da dieta sem carne, muitas pessoas extrapolam no consumo de carboidratos e alimentos fritos por serem mais saborosos e mais fácil de serem encontrados fora de casa. É muito importante que ele também esteja no prato, mas ele não pode dominar a refeição toda. É preciso saber equilibrar os componentes do prato para que não haja ganho de peso indesejado. Prefira os legumes e verduras cozidos, grelhados ou assados!

Carboidratos e gorduras

Bom, essas são as dicas para iniciar uma dieta sem carne e 100% vegetariana. Espero ter ajudado vocês!!!

Leia também  Meta para 2016: comer bem!

Beijo Beijo e até o próximo post!