Quem nunca ouviu da vó ou da mãe a seguinte frase: toma um chazinho que passa, meu filho!

Bebida milenar, deixada de lado nos anos 50 pela evolução da indústria farmacêutica, o chá está cada vez mais presente no nosso dia a dia, principalmente neste frio congelante que tem feito ultimamente. Com propriedades medicinais inegáveis e aquele conforto que traz ao tomar um chá saboroso e quentinho, saiba como preparar corretamente seu delicioso chazinho.

chá e o frio

Modo de preparo

Há diversas formas de preparo do chá, cada família tem a sua receita, mas será que é a forma mais correta de absorver as propriedades da planta utilizada?

Se for chá de folhas delicadas ou moles deve deixar a água entrar em ebulição, ou seja começar a ferver, desligar o fogo, e acrescentar as folhas ou flores, tampar o recipiente, que de preferência deve ser de vidro, e deixar em infusão de 3 a 8 minutos.

Já as ervas mais firmes e caules deve ser fervida junto com água. Assim que entrar em ebulição, colocar as ervas e deixar ferver em fogo baixo ainda por 5 a 10 minutos para que extraia bem as propriedades.

Quantidade

Normalmente, é uma colher de chá da erva para cada 1 litro de água.

Saquinho ou natural?

O saquinho é uma boa opção, mas são colocados agentes antifúngicos para que a erva triturada dure mais tempo dentro da embalagem. O ideal é comprar as folhas in natura de um local seguro, ou até mesmo plantar no quintal ou no vasinho de casa. Cuidado com charlatões, vendem determinada planta misturada com outras que não possuem as propriedades que você procura, isso acontece bastante com chá verde, ou banchá.

Leia também  Alimentos alergênicos fazem parte dos rótulos!

Calorias

Os chás são isentos de calorias! São extraídas apenas as propriedades medicinais e não carboidratos, proteínas e lipídios que são os nutriente que possuem valor calórico. Mas… tudo depende se irá adoçar  e o que acompanhará esse chá. Se adoçar com açúcar, mel, acompanhar com bolos, compotas, torradas, queijos, tudo isso acrescentará calorias.

Hidratação

Os chás, desde que consumidos puro, podem substituir a água consumida diariamente para hidratação. Ingerindo dois litros de chá, é o mesmo que dois litros de água mineral.

Cuidados na escolha

Temos infinidades de chás com propriedades específicas, sabores variados e contraindicações também. Por isso, antes de fazer o consumo de alguma planta, consulte um nutricionista para que ele indique a melhor opção, preparo e quantidade para auxiliar no tratamento da enfermidade apresentada.

chá

Lembrando que os chás auxiliam no tratamento, não dispensando o uso dos medicamentos.

Pensar que “o que é natural não faz mal” é errado. Procure sempre orientação de um profissional da saúde especializado!

Beijos e até o próximo post!!

=**